sexta-feira, dezembro 07, 2007

desafio: um ou mais poemas, precisam-se


deixa aqui um poema ou algumas palavras soltas sobre este desenho.
Há prémio para os participantes.
blá bla
bla
Traços
..................................................................................
blog do João Ramos latitudes

invade a aparente
irracionalidade do traço
que se mostra exacto…
pensamento
que se deseja concreto
mas não domino
sonho…
caminhar anguloso
no caos da vida
de amor erguido
como bandeira…
caminhos que se entrecruzam
no limiar da humanidade…
pela nobreza do xisto
insisto no purificar da água
que nos renova
sonho…
navegar afluentes
e desaguar na foz
de um qualquer paraíso…
meandros de um rio sem destino
onde deslizo nesta demora
sonho…
olhar de aprumado encanto…
a insignificância que me apavora
eu!...coisa nenhuma
perdida a consciência
ao fim de um dia…

quem irá superar meu traço?
espero-vos à embocadura de um
despertar mais casual
pois que já perdido vou
nesse destino…
...................................................................
blog da Flávia e Odele
Traços e Laços.

Está escuro aqui...
Mas sigo o som de teus passos
E me agarro a teus braços
Para não cair.

Meus olhos, já quase sem expressão,
De tanto olhar para o nada
Se fixam agora em teus traços
Que me alçam como laços
Vou levantar, vou andar, vou voar.
Odele Souza
10.12.2007
...................................................................
blog da
della porther - Meu doce novembro
"conta-me segredos em linhas paralelas" della-porther
...................................................................
blog do Rodolfo N - poesia e prosa
Los trazos que tu trazas
semejan pensamientos,
dolores, sufrimientos,
tal vez una alegría...
O talvez son la vida...?
...................................................................
blog da gabriela r martins the last dance

traços e laços
aparentes embaraços
e
espaços gastos
porquê?
por quem?
não sei
é assim
o
fim
de
mim
aqui
...................................................................
blog da isabel f. artdesign
Raios de luz, rasgam o céu escuro sem estrelas ... sem nada ...
..................................................................
blog da Paula Raposo Páginas
Riscos, traços, arabescos, laços e abraços...
...................................................................
blog da Leonor Costa hoje e amanhã
Hoje
Eu queria pegar em mim e deitar-me fora...
Queria tecer com meus nervos
Uma rede para descansar.
Queria ser barco
Ao sabor das ondas a vogar...
Ah, deixar correr o tempo
Sem disso me aperceber!...
Esquecer-me de mim...
Serenamente adormecer...
Hoje
Eu queria pegar em mim
E deitar-me forsa...
Amanhã
Eu queria nascer outra vez...
Uma alma nova, um novo ser!
Algemas quebradas
Ressurgir do nada.
Ah, pudesse minha vida ser
Em cada dia que passa
Uma constante alvorada!

Andorinha Negra
...................................................................
blog da madalena
escada medo
Tinha –te riscado a foto
Havia mais traços do que rosto já
Era a frustração. Raiva incontida
Amor tão já perdido como o sono
Perdido nas noites de esperar
Tinha-te riscado a foto a preto. Toda
Recuperei-a ao ver-te chegar.
...................................................................
blog da
Menina Marota
Num traço
Deixo
Um abraço
Num laço
Feito
Amizade.
...................................................................
blog do Paulo
Pensamentos centrados
A vida
A vida não é como o traço perfeito feito com o compasso...
São linhas, às vezes trémulas outras vezes firmes, cheias de arestas.
A vida pulsa no compasso das batidas do coração...
É desenho feito no dia-a-dia é rascunho não é arte final.
...................................................................
blog da Ana Luar
Traços em equilíbrio
Alinhados, desalinhados
Compostos ou decompostos
Traços de vida ou de rejeição
Que importa?
São simples traços… traçados por fina mão
Traços de ambição que por serem traços finos
de traços jamais passarão.
...................................................................
blog da belakbrilha
Traços????
de mão...
ou de coração?
Espero que não dê em colapso
porque demos o primeiro passo
para uma nova "estação"...
...............................
blog da ♥Coragem
Procurei dentro de um livro
uma folha riscada com traços de memórias.
Deixada assim...
Vazia, tão fria, propositadamente.
Relatos contidos nesse canto da minha vida...
Nesse sótão fechado a cadeado,
já perdido e esquecido entre poeiras e desilusões...
Hoje, sem nem saber porquê relembrei essa página
que falava entre os espaços vazios, dos traços que outrora deliniei na minha alma.
Sem motivo de existir tal eco marcado por um passado.
Não justificava guardar um resto de mim...
Uma folha pendente,que eu própria já não sabia decifrar e então ler...Não passavam de traços e riscos...
Os meus Riscos de vida.

29 comentários:

Latitudes disse...

desafio…

invade a aparente
irracionalidade do traço
que se mostra exacto…
pensamento
que se deseja concreto
mas não domino
sonho…
caminhar anguloso
no caos da vida
de amor erguido
como bandeira…
caminhos que se entrecruzam
no limiar da humanidade…
pela nobreza do xisto
insisto no purificar da água
que nos renova
sonho…
navegar afluentes
e desaguar na foz
de um qualquer paraíso…
meandros de um rio sem destino
onde deslizo nesta demora
sonho…
olhar de aprumado encanto…
a insignificância que me apavora
eu!...coisa nenhuma
perdida a consciência
ao fim de um dia…

quem irá superar meu traço?
espero-vos à embocadura de um
despertar mais casual
pois que já perdido vou
nesse destino…

João Ramos
(esquiço inédito)

Odele Souza disse...

Obrigada pela chamada para a blogagem coletiva de Flavia, dia 17.12.

Bem, depois desta beleza de poema do João Ramos, não me atrevo a escrever sobre o tema, pelo menos por hoje, pelo menos por enquanto.
Quem sabe depois...
Deixo meus cumprimentos para o autor dos versos e um abraço forte e carinhoso, meu e de Flavia para Adesenhar.
Bom fim de semana.

Latitudes disse...

Olá Amigo,

envei-te um esquiço para aprovação (corr.)
um tema difícil esse teu desafio
espero não desiludir
e ter ido de encontro à tua convicção

desculpa a irracionalidade do sonho
que assim me surgem
os mais nobres poemas

poderá não ser o caso
ainda está fresco
o tempo dirá da sua consistência
se porventura o tivermos que demolir...
a mão-de-obra foi gratuita
e "como nada se perde, tudo se transforma"
quem sabe um dia reciclado
numa qualquer antologia...

obrigado

Abraços

p.s. achei que esta nota merecia estar aqui

obrigado Odele, Abraços

Fuser disse...

adesenhar

"conta-me segredos em linhas paralelas" della-porther

E aproveita vem ouvir Amália cantando Gershwin.

beijos

Fuser

Laurentina disse...

Lindo, lindo ...

Sem mais palvras.
Seriam inuteis.

beijão grande

Latitudes disse...

Bom dia Amigo,

fico feliz por teres gostado

esse teu desenho, para além de outros lugares...
transportou-me para esse rio de esplendor indescritível
tão mal tratado nos dias de hoje
e que eu já naveguei por algumas vezes na minha canoa...
como se poderá constatar nas fotos do meu blog

p.s.: não te importas que o publique no meu?

um abraço

Laurentina disse...

Hoje não me canso de ca vir...adoro estes teus trabalhos, tenho grande admiração por quem domina estas artes!!!
O poema então é de uma leveza...que bonito.


Ja agora quando tiveres um tempinho vai espreitar este sitio...
http://o-sol-poente.blogspot.com/


beijinhos

Rodolfo N disse...

Los trazos que tu trazas
semejan pensamientos,
dolores, sufrimientos,
tal vez una alegría...
O tal vez son la vida...?
.
Un abrazo amigo

zé lérias disse...

Faz hoje 59 anos que foi proclamada a
Declaração Universal dos Direitos do Homem.
E que tal um poste sobre o assunto?
Um abração.

Odele Souza disse...

TRAÇOS e LAÇOS.

Está escuro aqui...
Mas sigo o som de seus passos
E me agarro a seus braços
Para não cair.

Meus olhos, já quase sem expressão,
De tanto olhar para o nada
Se fixam agora em teus traços
Que me alçam como laços
Vou levantar, vou andar, vou voar.

gabriela r martins disse...

traços
e
laços

aparentes

embaraços
e
espaços

gastos

porquê?
por quem?

não sei

é assim
o
fim
de
mim

aqui

__________________

um beijo

M.M disse...

Olá!

É bom rever-te!

aDesenhar disse...

Latitudes
Odele Souza
Fuser
Laurentina
Rodolfo N
gabriela r martins
M.M

obrigado pela participação da malta das letras, que foram poucos mas bons.
abraços

zé lérias
um post no dia 9 sobre a Declaração Universal dos Direitos do Homem(?!)
por acaso antecipei-me e
numa visita mais atenta ao meu blog, por coincidência, no post anterior, assim como em outros posts, onde de uma ou outra forma os Direitos humanos são abordados.
Criei outro blog http://blocoa3.blogspot.com/, que está em fase embrionária (ou teste) mas por falta de tempo, se encontra parado ou à espera de melhores dias.
Assim eu tivesse disponibilidade e haveria posts sobre a Declaração Universal dos Direitos do Homem todos os dias ou seja 365 e não 1 dia por ano.
:-)
abraço

Latitudes disse...

o meu especial agradecimento à Laurentina, abraços

a minha reverência aos participantes... "valeu..."
abraços

obrigado Amigo Hvar pelo desafio...
tivesses lançado essa semente em terreno mais fértil e numa estação mais propícia... e talvez a colheita fosse mais abundante...
como disseste "poucos mas bons"
afinal é Inverno... até o pensamento congela!

abraços

Isabel-F. disse...

aqui vai a minha contibuição:


raios de luz, rasgam o céu escuro sem estrelas ... sem nada ...




bjs

aDesenhar disse...

m.m.
és bem vinda.
Falta Tinta Permanente na tua caneta (?!)
:-)

Latitudes disse...

olá Amigo,

sabias escrever ESQUISSO como deve ser e não me corrigiste... altera lá isso para não parecer mal...

Abraços

aDesenhar disse...

olá amigo

Já se sabe que a nossa língua é manhosa e nada melhor que tirar as dúvidas (se é que existem) no sítio certo.
Costumo dar uma espreitadela neste diccionário "on-line" : http://www.priberam.pt/dlpo/definir_resultados.aspx

Para a palavra Esquiço
o resultado é este: esquiça.
para esquiça : batoque, espicho.
para espicho: do Lat. spiculu

s. m.,
furador;
pau aguçado para tapar um buraco numa vasilha.
e do do Inglês. speech
fala;
discurso;
arenga;
brinde;
gabo, louvor;
:-)

para esquisso: do Fr. esquisse

s. m.,
primeiros traços de uma obra;
bosquejo;
esboço;
rascunho.

Desde que do Esquis(ç)so resulte uma boa obra, fico satisfeito.
pela minha parte vou continuar a usar os meus esquissos, têm dado bons resultados.
:-)
Se quiseres posso corrigir, mas pouco ou nada adianta, porque o teu texto está simplesmente, excelente e isso é que importa.

abraço amigo

Paula Raposo disse...

Riscos, traços, arabescos, laços e abraços...

leonor costa disse...

Esta é a minha contribuição:

Hoje
Eu queria pegar em mim e deitar-me fora...

Queria tecer com meus nervos
Uma rede para descansar.
Queria ser barco
Ao sabor das ondas a vogar...
Ah, deixar correr o tempo
Sem disso me aperceber!...
Esquecer-me de mim...
Serenamente adormecer...

Hoje
Eu queria pegar em mim
E deitar-me forsa...

Amanhã
Eu queria nascer outra vez...
Uma alma nova, um novo ser!
Algemas quebradas
Ressurgir do nada.
Ah, pudesse minha vida ser
Em cada dia que passa
Uma constante alvorada!

Andorinha Negra

madalena disse...

Tinha –te riscado a foto
Havia mais traços do que rosto já

Era a frustração. Raiva incontida
Amor tão já perdido como o sono
Perdido nas noites de esperar

Tinha-te riscado a foto a preto. Toda

Recuperei-a ao ver-te chegar.

Menina_marota disse...

Num traço
Deixo
Um abraço
Num laço
Feito
Amizade.

Feliz.

Ano.

Novo.

:-)

Paulo disse...

A vida

A vida não é como o traço perfeito feito com o compasso...
São linhas, às vezes trêmulas outras vezes firmes, cheias de arestas.
A vida pulsa no compasso das batidas do coração...
É desenho feito no dia-a-dia é rascunho não é arte final.

Ana Luar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana Luar disse...

Traços em equilíbrio
Alinhados, desalinhados
Compostos ou decompostos
Traços de vida ou de rejeição
Que importa?
São simples traços… traçados por mão fina
Traços de ambição que por serem traços finos
de traços jamais passarão.

Ana Luar disse...

risca por favor... (traçados por mão fina )

e coloca.... traçados por fina mão

:) kiss

belakbrilha disse...

Traços????
de mão...
ou de coração?
Espero que não dê em colapso
porque demos o primeiro passo
para uma nova "estação"..

2008...ABRAÇOS!!!

Gostei deste desafio!

♥Coragem disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
♥Coragem disse...

Procurei dentro de um livro
uma folha riscada com traços de memórias.
Deixada assim...
Vazia, tão fria, propositadamente.
Relatos contidos nesse canto da minha vida...
Nesse sótão fechado a cadeado,
já perdido e esquecido entre poeiras e desilusões...
Hoje, sem nem saber porquê relembrei essa página
que falava entre os espaços vazios, dos traços que outrora deliniei na minha alma.
Sem motivo de existir tal eco marcado por um passado.
Não justificava guardar um resto de mim...
Uma folha pendente,que eu própria já não sabia decifrar e então ler...Não passavam de traços e riscos...
Os meus Riscos de vida.