domingo, dezembro 02, 2007

Geometria indescritível

Post dedicado a Flávia e Odele
A desenhar o indescritível


Teorema: consideremos um anel (vínculo mudo, profuso e equidistante do silêncio – centro (0,0) -
sob um trânsitometálico e circunferente) e nele gravadas duas víboras (as línguas sublinguamente bífidas, perfeitamente aplicadas à percepção/perfeição aromática do meio e do mistério, dispostas como flechas à exploração escura e apaixonante do veneno) sijeitas ao mesmo corpo e naturalmente
equidistantes de si mesmas, e ainda uma fracção do plano insondada até ao momento que as afasta até ao ponto em que o confronto ( espécie de espelho) decidirá que corpo compreenderá um amor um amor com tendências rastejantes, refratárias e bicéfalas.
Consideremos ainda a prossecução de um desejo. Depois, a consumação desse trajecto fanático, irrepetível e propenso até ao ponto em que as duas serpentes se encontram, reformulando por conseguinte a equação reduzida da circunferência:
(x – a)2 + (y – b)2 = r2 sendo a e b as coordenadas do centro da circunferência, r o raio, x e y as nossas vidas.
Então: a minha vida (x) excepto o silêncio (a=0) mais a tua vida (y) excepto o silêncio (b=0) é igual ao raio, negligenciando a importância suplementar das potências.
Simplificando:
A minha vida mais a tua vida é igual ao raio (que é a distância do silêncio a um qualquer ponto da circunferência) que, por sua vez, é igual ao único ponto de encontro das duas serpentes durante o anel previamente destruído.
Simplificando mais ainda:
A nossa vida é incalculável fora da jurisdição dos dedos e do destino.
Conclusão:
A nossa vida (assim) é impossível.
André Domingues

15 comentários:

Mocho Falante disse...

De facto este blog é de facto único e diferente de toda a blogoesfera...

abraços

Desambientado disse...

Espectacular, tanto a animação como o teorema.

Laurentina disse...

Acho admirável o teu domínio neste campo grafico...o teorema magnífico.

bom fim de semana

Beijão grande

Lumife disse...

Voltarei para conhecer o teu trabalho de hoje.

Queria pedir-te uma passagem pelo "Beja". As crianças agradecem.

Bom fim de semana.

Um abraço

Odele Souza disse...

Adesenhar
"Indescritivel" é a minha emoção por dedicares este post a mim e à Flavia, onde de forma brilhante
nos apresenta este teorema. Duas vidas, um tema, um teorema. Belo, Indescritivel.
Pra você, nossa gratidão e nosso carinho.

Isabel-F. disse...

Soberbo meu querido amigo ...

sem palavras para classificar o teu trabalho ....

_________________________________

porque sei que será um assunto que te interessa:

Petição em Prol das Crianças Vítimas de Abusos Sexuais

vê no meu Blog pfvr

bjs e bom domingo

gabriela r martins disse...

deliciosamente
divino

como sempre
diferente

um beijo

Odele Souza disse...

Estou aqui de novo, para de novo me encantar com este teu trabalho.
E o vídeo, é impressionante. Quando ouço WAKE UP! estremeço.
Já aumentei o som para Flavia ouvir...WAKE UP!

Até depois. Boa semana...

Å®t Øf £övë disse...

Adesenhar,
Sei que já és detentor deste prémio, mas nós lá no "Pedaços de Nós" somos unânimes, e dizemos também que este "Até não é um mau blog", por isso quando tiveres uma oportunidade passa por lá para ires buscar o prémio.
Abraço.

Latitudes disse...

grande Amigo,

parabéns pela animação e por partilhares este teorema connosco.
Pura Poesia!

abraço

aDesenhar disse...

Mocho Falante
Desambientado
Laurentina
Lumife
Odele Souza
Isabel-F.
gabriela r martins
Å®t Øf £övë
Latitudes
abraço a todos

esquisso:
Å®t Øf £övë e Pedaços de nós.

já tentei comentar no vosso blog,
para agradecer a distinção mas como só está acessível a membros do "Pedaços", bati com o nariz na "porta", mas pelo buraco da fechadura retirei um "pedaço de vós" que coloquei com todo gosto na galeria das ofertas, que em breve serão distribuídos, dando assim continuidade ao efeito boomerang.

:-)))))

Laurentina disse...

Passei so pa deixar um

beijão grande

Odele Souza disse...

Passamos para ouvir um pouco do "meu Samba".

Um abraço.
Odele e Flavia.

Fuser disse...

adesenhar

o (Só)crates fala sem pensar ou...não pensa e fala?
heheheh (que Gaffe cara!)

beijos

Fuser

Å®t Øf £övë disse...

Adesenhar,
Nada tens a agradecer, porque o prémio que te atribuimos é inteiramente justo, e um estimulo para continuares com este espaço.
Abraço.